Tag Archives: escolha

Jejum de segunda a sexta!

Caminho de Amor

amar1-745738

Diz a lenda e tradição que lá pelas bandas das Minas Gerais, bem no interior da cidade de Governador Valadares, em meados dos anos de 1947, um jovem belo e esguio, cheio de virtudes, coragem e atitude, chamado José, teve um sonho. E a personagem principal desse sonho era Mariinha. A linda Mariinha, então com dezessete anos de idade.
Mariinha por sua vez orava a Deus pedindo um rapaz que a amasse. Ela não era exigente, apenas desejava alguém que a amasse de verdade. Mariinha não discriminava, nessa petição, classe social ou raça; não importava o saldo bancário, aliás, nem precisava ter saldo, conquanto que a amasse de verdade.
No inverno de 1947, mais precisamente no dia 30 de junho, José aos 22 anos de idade, com a cara e a coragem e nem um tostão no bolso, pede a mão da bela Maria em casamento. Ela de pronto aceita a proposta, mas o pai dela deu a José intermináveis longos vinte dias para os preparativos do enlace. José coçou a cabeça e disse que daria um jeito e deu.
José, romântico que só, mas pobre de dá dó, não tinha condições de dar-lhe um belo presente. Não tinha dinheiro para um anel de brilhantes, um colar ou um simples relógio de pulso, mas nem por isso deixou de demonstrar seu afeto, carinho e apreço por Mariinha, sem corar a face presenteou-lhe com um bonito pé de alface.
Aos dezenove de Julho de 1947 os jovens nubentes (José e Maria) fizeram os votos de casamento sob as bênçãos de Deus. Não houve cerimônia com pompa e ostentação, não houve festa regada a bebida e comida, não saíram num Rolls Royce, mas saíram abençoados por Deus. Deus os uniu e é o que importa.
Não foram para uma mansão, eles foram para uma humilde casa coberta de cascas de coqueiro. Ali, por seis meses tiveram por refeição angu, couve e feijão, mas aquele humilde lar era um lar feliz, pois o prato principal era o amor.
José, com toda paciência, amor e carinho domou o impulsivo gênio de Maria. E desde cedo aprenderam a caminhar de mãos dadas na estrada da vida. Muitas lutas: derrotas e vitórias. Dias, noites, madrugadas lá se vão 65 anos de caminhada.
Tiveram 17 filhos (quatro falecidos ainda na infância e dois na fase adulta). Os treze filhos deram-lhes 56 netos. Os netos, por sua vez, até agora, dera-lhes 47 bisnetos. Os bisnetos até o presente momento renderam-lhes 3 trinetos. Num total de 123 descendentes diretos. Como é grande o clã do patriarca José.
Ao ser sugerida a falar um pouco sobre José, Maria disse: “Depois de tudo que enfrentamos juntos, digo que não há ninguém melhor que ele para estar ao meu lado”.
E José disse: “Maria é um presente de Deus”.
Ao ouvir a proposta para apontar algum possível defeito do Zé, Maria respondeu sorrindo e com os olhos marejados: “Nem adianta, eu não vou falar mal do Zé!”
Questionada qual o segredo de tão longa e abençoada união, Maria respondeu: “Aprendi a ser uma esposa submissa em amor”.
No Livro Sagrado há a seguinte questão: “Porventura andarão dois juntos, se não estiverem de acordo?” (Amós 3:3). E eles estão muito de acordo. Somente isso justifica estarem juntos há tanto tempo. O amor que um tem pelo outro “é forte como a morte”. (Cantares 8:6). Como disse certo pensador: “O amor que nos une é maior que as diferenças que nos separam”. Eis o segredo da longa caminhada na sinuosa estrada.

Texto enviado por: Osiel Silverino
(Esta é a história dos meus avós maternos. Eles fazem 65 anos de casados dia 19 de julho.)

Namoro Cristão – O privilégio da escolha

namoro_cristao

CASAMENTO: Esta tem sido uma das maiores ansiedades de nossos jovens e adolescentes.
Nesse esforço tremendo para arranjar um casamento, para alguns, está valendo tudo.
Existem aqueles que não se importam com quem vão se casar, o importante é casar.
Depois, sofrem amargamente pelo resto da vida.
“PREVENIR É MELHOR QUE REMEDIAR UM CASAMENTO FALIDO”

Vamos procurar o cônjuge ideal, indicado por Deus. Não, baseado em estatísticas e experiências e, sim, totalmente conforme o ensino bíblico.
No texto de Gênesis 24, Abraão, casado com Sara, já idoso e preocupado com o futuro de seu garotão, o jovem Isaque, pede ao mais antigo servo da casa que saia a procura de uma boa moça para ser sua esposa.

1º PASSO – DEUS TEM QUE SER BUSCADO PRIORITARIAMENTE SOBRE ESSE ASSUNTO
Isto parece óbvio. Mas na prática não é o que acontece. Geralmente Deus fica por último, para a hora da dor, do desespero, da perda…
A personagem central do nosso texto não é Abraão, Isaque, Rebeca ou o servo – A personagem central é Deus. Abraão (v. 7), O Servo (v12), Casa de Betuel (vs 50-51) e Isaque (v 63).
Foi um casamento formado sobre muita oração e compromisso com Deus. Não é só orar e sair à luta procurando um amor. É preciso orar e se dispor a obedecer aos princípios estabelecidos por Deus.
V. 27 “Estando no caminho…” Se você se colocar no caminho do Senhor, Ele lhe guiará ao casamento certo.
Deixe o caso nas mãos de Deus. Confie nEle e dependa dEle. Já no início da criação, Ele mostrou ser o arquiteto da família.

2º PASSO – OS PAIS E OS MAIS VELHOS TÊM QUE SER OUVIDOS E OBEDECIDOS EM SEUS CONSELHOS SOBRE O ASSUNTO.
Isto é muito difícil de acontecer em nossos dias.
Abraão escolheu o servo mais velho e mais experiente (v2)
Abraão e Sara também já eram idosos, V28 Sara foi logo compartilhar com os pais.
O mandamento do Senhor é claro e completo – Ef. 6.1-3
O pai fala: Não namore com fulano, não ande de carro sozinho com a moça, não fique na rua até à madrugada, etc. Quer casar bem? Ouça seus pais e aos mais velhos.

3º “PASSO PROCURAR COM SABEDORIA, USANDO A “PENEIRA” DE ISAQUE E REBECA”
Depois que Deus foi invocado e os pais respeitados, o processo foi desenvolvido.
Se o seu pretendente obedece a estes requisitos, então, não ficará dúvida de que é da vontade de Deus. Mas se não, pule fora enquanto é tempo. Algumas PISTAS:

PISTA 1 – CUIDADO COM O JUGO DESIGUAL.
Está foi a grande preocupação de Abraão e obedecida à risca pelo servo (v3-6).
Jugo desigual é claramente condenado na bíblia e por este princípio não ser respeitado, vemos milhares de famílias destroçadas pelo mundo a fora. 2 cor. 6.14-15)

Ah! Mas eu conheço alguém que casou sob jugo desigual e depois deu certo!
Ah! Mas na minha igreja não há uma menina como a dos meus sonhos.
Ah! Mas o meu… tem uma vida mais digna do que muitos rapazes (moças) lá da igreja.
O namoro do cristão com o ímpio é um método evangelístico. Estou namorando para salvá-lo.

PISTA 2 – OBSERVE COM ATENÇÃO O AMBIENTE
Algumas pessoas querem achar pérola em chiqueiros.
Não negligencie este importante princípio. Sl. 1.1
Não procure namorado (a) entre os que ficam nos últimos bancos da igreja, como quem não quer nada com nada. Gente boa, você vai encontrar na frente de batalha, gente envolvida, comprometida. A escola dominical é um celeiro de jovens de futuro. Lá, é fácil identificar quem está interessado no reino de Deus.

PISTA 3 – SÓ SERVE QUEM TIVER CORAGEM DE DAR ÁGUA A CAMELO
Preste atenção no acordo que o servo fez com Deus, sobre como seria a moça que ele queria encontrar v. 12-14.
Gente preguiçosa não serve para casar.
Existem aqueles que dizem para os pais da garota que está há mais de cinco anos procurando serviço e não acham nada.
Quem quer trabalhar, arranja qualquer coisa para fazer, mesmo que seja uma tarefa humilde.
A verdade é que, com gente que não quer trabalhar, o casamento não dá certo.
Ou ela vai Ter que sustentar o marido, ou ele vai Ter que gastar todo o salário contratando uma empresa para cuidar da casa.

PISTA 4 – USA VÉU, ENTÃO ESTÁ APROVADA.
“Então tomou ela o véu e se cobriu”  v. 65
É bem certo que Deus perdoa todos os pecados cometidos na área moral. Mas, quando há decisão de obediência e consagração. I co. 6:15-20
Uma dura verdade é que os casamentos que assim começaram são encharcados de culpa, dúvidas e outras marcas horríveis.
Se você está nessa, confesse a Deus, peça perdão e pule fora.
Moça que se deixa passar a mão em tudo, ou rapaz “entrão”, precisa assumir um compromisso mais sério com o evangelho. “Carro usado tem menos valor”.
Moças inteligentes gostam daqueles rapazes que têm uma boa conversa, estudiosos, cavalheiros e elegantes no trato. Para ela, você será mais homem se agir assim, do que ficar querendo abusar do corpo dela.
Alguns cônjuges descobriram que nada tinham em comum, no namoro era só beijar e apertar. Beijavam tanto até dar calo nos lábios. Não tiveram tempo para se conhecer, para conversar.
PISTA 5 – PROCURE QUEM NÃO FICA ENROLANDO
Namorar só para ocupar tempo, ou para dar satisfação à sociedade, também faz mal. Analise com atenção antes de começar. Brincar com o coração dos outros, machuca muito.
Um beijo para uma prostituta não significa nada. Mas para um rapaz nobre, pode significar a própria razão de viver. “Ficar” com alguém agora, pode não significar nada para você, mas para outra pessoa, e no seu futuro, poderá significar muito.

CONSIDERAÇÕES FINAIS
A) E O AMOR?
A paixão escraviza, o amor liberta e cura. O amor faz bem, e não, mal.
B) A VONTADE DE DEUS É GOSTOSA
Quando Deus é invocado e a bíblia é o mapa, o melhor acontece.
Não há espaço para fossa, dor de cotovelo… Não há amargura…
Se o seu namoro não está trazendo paz ao seu coração (brigas constantes, culpa, dúvidas), não insista. Pule fora!
Se os seus pais estão colocando muito obstáculo, abra bem os seus olhos. Não dê soco em porta fechada.
Se você está apaixonada por alguém que não lhe dá uma certeza, uma definição, quem sabe, às vezes, até se aproveita de você, não insista.
Chega de correr atrás. Você é filho de Deus e com certeza DEUS TEM O MELHOR PARA VOCÊ.
Têm jovens que recorrem a Deus em oração com a escolha já feita.
Talvez o que você está pedindo a Deus seja uma COBRA e por isso ele não está te atendendo. Não apele – ESPERE NO SENHOR.

Texto: Pr. Paulo Cesar

Artigo baseado no Livro – Procurando Minha Metade – Simonton C. De Araujo